Destinos Populares

Precisa de inspiração para a sua próxima viagem?

Fica a dica de lugares incríveis, alguns clássicos do turismo brasileiro, enquanto outros têm crescido cada vez mais na preferência dos viajantes.

Fazer você conhecer e participar de nosssa história é o objetivo principal deste site, porque você, passageiro, é a peça fundamental de nosso trabalho, por isso garantimos que seu transporte seja o melhor possível.

Nossa história

Iniciamos nossas atividades em 1939, quando então o jovem José Miguel Mansur, com 18 anos, comprou seu primeiro veículo: uma jardineira, tendo recebido o nome de Viação Aliança.

Saindo da cidade de Chácara-MG, onde nasceu, deixou os pais e a namoradinha, que futuramente seria sua esposa Maria de Lourdes Bessa Mansur. Dedicada, além de ter lhe dado 5 filhos, contribuiu, significativamente, com uma máquina de costura Singer para a construção da Transur e de outras duas empresas do mesmo ramo. Fabricava lençois e fronhas, a fim de que suas primas vendessem a base de comissão. José Miguel Mansur tinha na alma a paixão pela mecânica,tudo era um desafio, mesmo em uma época de árduo do transporte coletivo. Entretanto, para aquele menino, cada defeito na jardineira era um motivo para aprender cada vez mais, por isso, nada o segurava, nem mesmo os atoleiros da estrada.

Em 1942, com a guerra, veio também a falta de peças e combustível (gasolina), e não é que nem isto o segurou. Fabricou e rodou com o gasogênio, que substituiu a gasolina, além de montar um motor, onde substituiu o casquilho de metal por casquilho feito de madeira da imbaúba. Do início até hoje, a história é longa, tudo foi muito difícil, mas ao mesmo tempo cheia de belas recordações, dos desafios vencidos e dos excelentes funcionários, que junto com o Sr. José, construiram uma empresa que ainda hoje possui colaboradores com 46, 47 anos de casa.

Na Transur, como dizia Sr. José, quem aqui trabalha, do faxineiro ao diretor, não podem ter sangue nas veias, mas sim óleo diesel e tem que dar tudo de si para servir bem o nosso maior patrimônio que são os passageiros.

Esta pequena história da Transur, relatada aqui, é uma homenagem ao Sr. José, D. Loudes e funcionários já falecidos, que intercedem, perante Deus, pelos seus familiares, funcionários e passageiros que hoje a fazem andar.